domingo, 26 de março de 2017

Na volta de Bolaños, Grêmio sobra na Arena e atropela o Juventude

O Grêmio arquitetou uma verdadeira operação, com direito a concentração prolongada e retorno antecipado de Bolaños da seleção do Equador, para encarar o Juventude, neste sábado, na Arena, pela 10ª rodada do Gauchão. E precisou de menos de meia hora de jogo para ver os efeitos de sua estratégia se materializarem em uma atuação de intensidade pura, digna do melhor momento com Renato Gaúcho, no penta da Copa do Brasil. E em gols. Foram três em menos de 30 minutos, com Miller, Michel e Léo Moura, para encaminhar um triunfo por 4 a 0, completo por Luan, de pênalti, na segunda etapa. O resultado encerra ainda a série de quatro empates anteriores no estadual.
Os gremistas que foram à Arena neste sábado tiveram uma recordação viva do penta da Copa do Brasil, conquistado em dezembro de 2016, em especial no primeiro tempo. O Grêmio viveu 45 minutos de intensidade e concentrações puras, dignos de comparação ao melhor momento com Renato Gaúcho. Prova disso é que o Tricolor já vencia o Juventude por 3 a 0 com apenas 28 minutos de partida. E com os dois primeiros gols, e Bolaños e Michel, ao seu estilo já costumeiro, com triangulações, verticalidade e velocidade. Depois, Léo Moura ainda aproveitou rebote de bomba de Edílson em cobrança de falta para empurrar para as redes.
O placar confortável permitiu ao Grêmio reduzir seu ritmo para a segunda etapa. O Juventude até tentou pressionar e descontar, com os ingressos de Taiberson e Bruno Ribeiro, mas o Tricolor, mais recuado, conseguiu se compactar para não dar brechas ao maior rival. Sem correr riscos, a equipe de Renato Gaúcho ainda consegui ampliar a vantagem. Após mais uma cobrança de falta de Edílson, Kannemann foi derrubado na área ao tentar aparar o rebote. Pênalti, convertido com categoria por Luan, para dar números finais à partida.
Com a vitória, o Grêmio assume a vice-liderança do Gauchão, com 17 pontos, mas ainda precisa "secar" o Caxias neste domingo, contra o Passo Fundo, no Centenário, para manter a colocação. O Juventude segue em sétimo, com 11 pontos. Corre riscos, porém, de ficar fora do G-8 em caso de vitórias de Inter, Brasil de Pelotas, Ypiranga ou São Paulo-RS.
As duas equipes voltam a campo na próxima quarta-feira, às 21h45, na 11ª e última rodada da primeira fase do Gauchão. O Grêmio encara o São Paulo-RS, no Aldo Dapuzzo. O Juventude, por sua vez, recebe o São José no Alfredo Jaconi.

Fonte: GloboEsporte.com
Foto: Bruno Alencastro / Agência RBS

Seleção Brasileira desfila no Centenário e goleia o Uruguai

Teve direito a carrasco. Teve mais um show de Neymar. Teve dois golaços. Teve outra boa atuação do Brasil. Teve mais uma vitória. Com a goleada de 4 a 1 sobre o Uruguai na noite desta quinta-feira, no Estádio Centenário, a Seleção seguiu imbatível sob o comando de Tite nas eliminatórias. A sétima vitória seguida, com três gols de Paulinho, um de Neymar e ''Olé'' em Montevidéu, deixou a equipe com um pé na Copa do Mundo da Rússia em 2018. Uma vitória sobre o Paraguai na próxima terça, em São Paulo, pode selar a classificação. A Seleção precisa vencer e torcer por tropeços de Equador e Chile.
Foi a primeira vez que o Brasil saiu atrás sob o comando de Tite. No primeiro jogo fora de casa contra um grande adversário, a Seleção mostrou ter poder de reação. Bem postada, aproveitando os espaços dados pelo adversário (por vezes com os dez jogadores no campo de ataque na primeira etapa) e com Neymar inspirado, a equipe não deu chances ao Uruguai. O erro de Marcelo e o gol de Cavani serviram apenas para dar mais emoção ao jogo. O empate não demorou a sair. A Celeste até tentou fazer pressão na saída de bola algumas vezes, mas não deu certo. Mais do que controlar o jogo, o Brasil dominou os 90 minutos. Teve tranquilidade para virar no segundo tempo e golear um rival que havia vencido todos os seus jogos em casa nas eliminatórias. Detalhe: tinha sofrido apenas um gol no Centenário até esta quinta.
Com a vitória, o Brasil segue na liderança isolada das eliminatórias com 30 pontos. Já o Uruguai se manteve no segundo lugar, com 23 pontos. A Seleção volta a campo na próxima terça-feira para enfrentar o Paraguai, às 21h45 (de Brasília), na Arena Corinthians, em São Paulo. No mesmo dia, a Celeste encara o Peru, às 23h15, no Estádio Nacional de Lima.

Fonte: GloboEsporte.com
Foto: Dante Fernandez / AFP

Musa do Gauchão 2017: Juliana Scheneider do Cruzeiro-RS


sexta-feira, 24 de março de 2017

São Luiz larga na frente, mas cede empate ao Panambi

O São Luiz tem como objetivo na Divisão de Acesso 2017 conquistar um das vagas a elite estadual, enquanto o Panambi visa não cair para a Segundona. Ambições completamente diferentes, no entanto um futebol extremamente parecido dentro de campo na noite desta quinta-feira. No estádio João Marimon Jr., o time de Ijuí até conseguiu sair na frente com gol de Léo Mineiro, mas num jogo trucando e com poucas chances de gol o Panambi conseguir ser efetivo e buscar o empate nos minutos finais.
A igualdade em 1 a 1 deixou o Grupo B super embolado, especialmente nas primeiras posições. Dois pontos separam o líder do sexto colocado, são 9 pontos de Brasil de Farroupilha e Glória de Vacaria contra 7 de Esportivo, Lajeadense e São Luiz. Entre eles está o União Frederiquense, com 8. O Tupi de Crissiumal tem 2 pontos e vai fugindo do rebaixamento por um ponto, pois o Panambi ocupa a lanterna. Como iriam se enfrentar na abertura do certame e o jogo foi transferido para o dia 29, os dois últimos possuem um jogo a menos que os demais.
                A 6ª rodada da Série A2 acontece neste domingo, 26 de março, com os seguintes jogos: União Frederiquense x Glória, às 15h30; Lajeadense x São Luiz, às 16h; Brasil de  Farroupilha x Tupi de Crissiumal, às 16h; Panambi x Esportivo, às 18h30.

Foto: Alex Frantz / RPI

Em tarde de estreias, Tupi de Crissiumal empata com o Glória

                A fase pode estar caótica, no entanto o Tupi Futebol Clube não deixa a fama der “osso duro de roer” atuando em seus domínios. Na estreia do técnico Jair Galvão e dos atletas Reinan e Rafael Muçamba, que chegaram em Crissiumal na segunda-feira, o torcedor marcou presença no estádio Rubro-Negro e viram os jogadores despejarem raça para segurar o líder invicto Glória. Em partida disputada na tarde desta quinta, a marcação saiu vencedora: 0 a 0.
                O empate representou o segundo ponto do Índio Guerreiro na Divisão de Acesso 2017, lhe mantendo na sétima colocação da Chave B, enquanto ao time de Vacaria serviu para manutenção da liderança, porém agora dividida com o Brasil de Farroupilha – ambos com 9 pontos. O Rubro-Negro tem uma rodada atrasada, sendo que deveria ter enfrentado o Panambi na estreia, porém a FGF alterou a data da partida para 29 de março.
                Sonhando com a primeira vitória em partida oficial na temporada 2017, o Tupi de Crissiumal volta a campo no próximo domingo para encarar um dos favoritos ao acesso Brasil de Farroupilha, no Estádio das Castanheiras, na Serra Gaúcha. Simultaneamente, o Glória visita o adversário direto União Frederiquense, no Vermelhão da Colina, em Frederico Westphalen. As partidas estão marcadas para às 15h30.       


Foto: Rádio Fátima

Léo Moura marca no fim e evita revés gremista para o Nóia

                Pouca coisa mudou na escalação do Grêmio que conquistou a Copa do Brasil 2016 para a que Renato Portaluppi vem mandando a campo no Campeonato Gaúcho 2017, no entanto a diferença dentro de campo é absurda. Nesta quarta-feira não foi diferente, o futebol sofrível estava resultando num revés para o Novo Hamburgo, porém Léo Moura – uma das boas mudanças – arrancou o 1 a 1 já nos acréscimos, frustrando a torcida local que fazia festa no Estádio do Vale com o encaminho retorno de vitória, sendo que Juninho havia aberto o placar.
                Após uma arrancada histórica de 100% de aproveitamento nas seis rodadas iniciais, o Anilado sofreu duas derrotas seguidas e com o empate amargou seu terceiro jogo sem triunfo, no entanto segue folgado na liderança do Gauchão. Com 19 pontos, o time do Vale dos Sinos está quatro a frente do Caxias. O Tricolor Gaúcho perdeu uma posição e caiu pra terceiro, tendo 14 pontos e dividindo posição com Veranópolis e Cruzeiro-RS. São José, Juventude e Internacional completam o G8, enquanto a zona de rebaixamento é ocupada por São Paulo-RG e Passo Fundo.
                Depois de quatro empates seguidos, o Grêmio tentará utilizar a pressão de um clássico regional para reencontrar a vitória no certame estadual na noite deste sábado, 25 de março, às 19h, na Arena, em Porto Alegre, diante do Juventude. No domingo, às 19h30, precisando de uma vitória para garantir com suas forças a liderança da primeira fase, o Novo Hamburgo encara o Brasil de Pelotas, no Bento Freitas, na Zona Sul do estado.

Foto: André Ávilla / Agência RBS

Em jogo que valeu por dois, Inter sagra-se bicampeão da Recopa Gaúcha

              Desde de que a Federação Gaúcha de Futebol (FGF) unificou a disputa da Recopa Gaúcha com uma rodada do Campeonato Gaúcho sempre o campeão foi definido nos pênaltis, assim aconteceu também na edição 2017 na última quarta-feira. Aos trancos e barrancos, na base da insistência e de pênalti anotado por Brenner, o Internacional arrancou um empate em 1 a 1 nas penalidades diante do Ypiranga, que havia aberto o placar Talles Cunha. A igualdade no Colosso da Lagoa levou a disputa da taça para as penalidades, onde o colorado teve 100% de aproveitamento com D’Alessandro, Valdívia, Willian e Léo Ortiz e sagrou-se campeão após Danilo Fernandes defender duas cobranças, definindo o 4 a 3.
                Com a vitória nas penalidades, o Colorado sagrou-se bicampeão da Recopa Gaúcha – disputada entre o atual campeão estadual e o vencedor da Super Copa Gaúcha (Copinha FGF). O troféu também já foi levantado por Pelotas e Lajeadense, em 2014 e 2015, respectivamente, ambas às vezes contra o Internacional, que vencera o São José no ano passado. Em termos de Gauchão 2017, o resultado manteve as equipes na parte de baixo da tabela.
                Em validade da décima e penúltima rodada do Campeonato Gaúcho 2017, o Internacional busca reencontrar a vitória diante adversário direto São José, às 16h do próximo domingo, 26 de março, no Estádio do Vale, em Novo Hamburgo. Simultaneamente, o Ypiranga visita o Cruzeiro-RS, no Antônio Vieira Ramos, em Gravataí.

Foto: Félix Zucco / Agência  RBS